Mas eu quero o corpo perfeito!

Com tantas receitas, tratamentos estéticos, dietas, cremes e maquiagem, ter um corpo perfeito é algo que parece estar ao alcance de todos, basta um pouco de esforço, dedicação, investimento e disciplina. É como se o corpo perfeito fosse uma escolha, basta a gente querer.

Eu quero um corpo bonito

Para toda imperfeição tem um remédio à venda, é só procurar. Manchas na pele, rugas, sardas, estrias, celulite, acne, vermelhidão, vasinhos, flacidez ou pelo encravado; dá para tratar tudo. Gordura, peito caído, peito pequeno, peito separado, pés grossos, nariz projetado, papada. Para tudo tem um tratamento, cirurgia ou creme específico.

Se por um lado o corpo perfeito é vendido como uma opção, por outro o corpo imperfeito é considerado um desvio de conduta, um erro que pode ser corrigido se quisermos.

Nos sentimos em dívida com nós mesmas e com os outros quando olhamos para as partes imperfeitas do nosso corpo. É como se estivéssemos erradas em ter a barriga maior do que o esperado. Nos sentimos descuidadas, indisciplinadas, feias e menos do que poderíamos ser.

Colocando em perspectiva:

Vamos comparar isso a ser rica, já que a riqueza também é vendida como uma possibilidade ao alcance de todos.

Eu tenho certeza que as minhas leitoras não são todas ricas, assim como eu também não. A minha pergunta é: você se sente errada ou culpada por não ser rica da mesma maneira que se sente por não ter um corpo perfeito?

Provavelmente não.

A indústria da beleza é uma das mais cruéis neste sentido, porque nos leva a desacreditar de nós. O conceito do belo nos seduz das maneiras menos óbvias através daquela blogueira gente finíssima que seguimos e que já era linda e mesmo assim quis emagrecer 6 kg. É por meio da atriz que divide seus segredos de beleza na capa da revista. São as dicas de como se livrar dos pontos “indesejáveis” no nosso corpo.

Eu sou uma defensora de que devemos cuidar bem do nosso próprio corpo, mas a busca pela perfeição não é a maneira certa de fazer isso.

Querer alcançar a perfeição é um caminho sem fim, cheio de frustrações que vai nos deixando mais e mais inseguras sendo que o que mais queremos é nos sentirmos bem.

Ter o corpo perfeito não é uma escolha porque ter o corpo perfeito não é possível.

É uma ideia vendida para nos manter consumistas. Recuse essa ideia.