Como é tratar um transtorno alimentar

Tudo sobre o meu tratamento na Holanda

No vídeo anterior eu contei um pouco de como foi descobrir que eu tinha bulimia. E agora, como prometido, aqui vão os detalhes do meu tratamento na Holanda. Depois de conversar com algumas leitoras eu percebi que tratamentos variam bastante. O que falo neste vídeo é sobre uma das muitas possibilidades de cura.

Eu me tratei no centro Centrum Eetstoornissen Ursula e lá eles combinam diversos tipos de terapia dependendo de cada caso. Tem casos em que o cliente (aqui eles não chamam de paciente!) fica hospedado no centro até ter condições de continuar o tratamento morando em casa, há pessoas que seguem um tratamento intensivo de quatro dias por semana, tem quem vá duas vezes na semana ou até uma vez por mês para manutenção. No meu caso, eu participava de uma sessão semanal.

No próximo vídeo eu vou contar exatamente o que eu comia durante o tratamento.